Rodolfo Abrantes evangeliza crianças de rua: "Podemos ser os braços de Jesus para elas" ~ Rádio Paz FM 107.3

segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Rodolfo Abrantes evangeliza crianças de rua: "Podemos ser os braços de Jesus para elas"




Na última quinta-feira (19), a página oficial do Ministério 'Brasa Church' publicou um vídeo com o depoimento de Rodolfo Abrantes sobre sua participação na ação #igrejanasruas, em Pernambuco e tem emocionado a internet com seu testemunho.

A ação evangelística foi criada pelo Minsitério Shores of Grace, liderado pelos missionários norte-americanos, Nic e Rachael Billman, em Jaboatão dos Guararapes (PE).

Rodolfo contou que já ouvia bons relatos sobre o Ministério, mas confessou que sua participação naquele momento de evangelismo na Rua das Flôres, em Recife, o deixou profundamente impactado.

"Eu já conhecia o trabalho do Nic e da equipe do Shores of Grace há algum tempo de ouvir falar. Eu estive com ele em algumas conferências e sempre ouvia os relatos e as histórias a respeito dessa maneira tão simples e tão poderosa com a qual Deus tem se movido".

Falando sobre a proposta do projeto, Rodolfo explicou que a ação foge ao formato convencional de uma "liturgia" e consiste na atitude do grupo evangelístico em conversar com as pessoas que vivem nas ruas.

"Eu fui convidado para ministrar aqui na Escola Fornalha e ondem eu pude participar da 'Igreja nas Ruas' e as direções foram simples. O Nic estava me contando que o papel da Igreja é chegar nesses lugares e simplesmente amar aquelas crianças, aquelas pessoas, conversar com elas... enfim: trazer à existência o ser humano digno que Deus fez à sua imagem e semelhança, dentro de cada uma delas", contou.

"Eu fui muito impactado! Eu confesso que tinha planejado na minha cabeça de observar como as pessoas se moviam e tentar me mover igual. Eu fui acostumado a essas ministrações de evangelismo em que você chega, faz um louvor, ministra uma Palavra... aquela coisa... Parece que você levou uma igreja simplesmente para a rua, levou a liturgia de um culto para o lado de fora", acrescentou.

O cantor e compositor confessou que naquela noite se dedicou a dar uma atenção especial àquelas crianças de rua, mas afirmou que isso aconteceu de forma espontânea.

"A gente está acostumado a ver estas crianças o tempo todo e às vezes eles pedem dinheiro, comida e para aliviar a consciência, você até dá alguma coisa e se sente muito bem: 'Olha, eu ajudei uma criança!'. Mas nenhuma delas me pediu nada ontem. [...] Aquilo foi uma das coisas mais poderoras que Deus fez na minha vida", afirmou.

"Eu me lembrei daquela passagem que trouxeram muitas crianças para Jesus e os discípulos repreendiam, porque o pessoal, às vezes parece que está mais focado na necessidade de alimento e cura de doenças que a gente se esquece, às vezes, que as crianças não querem nada, só querem os braços de Jesus", destacou ele. "Será que podemos ser os braços de Jesus para essas crianças?".
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

ANUNCIA AQUI!

ANUNCIA AQUI!